terça-feira, 8 de maio de 2012

eu não estou louca, eu estou grávida - agora vai! (?)

(Aviso importante: este post já havia sido publicado. No entanto, por inexplicáveis e inabaláveis forças do além blogosférico, resolveu desaparecer. Após muito choro, muitos gritos e fortes ameaças de arremessamento de hormônio quente nas fuças dos responsáveis, ele foi (parcialmente) recuperado. Os comentários desapareceram para sempre. Aos que tiveram a bondade de comentar, meus sinceros pedidos de desculpa.)

***

Outro dia li uns relatos interessantes, de mães que afirmam ca-te-go-ri-ca-men-te que souberam que estavam grávidas desde o primeiro segundo da concepção.

Primeiro segundo da concepção, colegas. Do grego NO MOMENTO da conjunção carnal, vejam vocês.

Imaginem. Antes mesmo do ato libidinoso dar-se por pleno e acabado, a rapariga vira pro marido e profecia:

-Arnaldo, ferrou. Nessa eu engravidei, certeza.

Ao que o marido, ainda na cama, e com toda sensibilidade que lhe cabe enquanto-homem-em-momentos-pós-acasalamento, revida:

- Merda, num falei que a gente não devia ter dado o berço do Jorginho pra sua prima?

***

Pois eu não sei quanto a vocês, mas esse tipo de premonição nunca aconteceu comigo, e eu sempre tive que me valer de testes de farmácia para saber  se a coisa tinha vingado ou não.

Mas quer saber? Hoje eu admito que trata-se da mais pura distração isso da pessoa não perceber que está grávida.

Olhando pra trás e pensando bem, cumadis: será que a vida já não vinha lhe dando sinais inconfundíveis de prenhez, antes mesmo de qualquer atraso na menstruação ou teste de drogaria? Hein?

Eu selecionei aqui alguns dos sinais mais evidentes de gravidez, em qualquer estágio. Se você, colega leitora, desconfia que pode estar grávida, pare e pense se por um acaso você:

- tem se utilizado de artifícios ridículos para roubar comida das mãos de menor indefeso.

Vocês estão na cozinha. Seu filho de 3 anos degusta a última banana da fruteira.

Num ímpeto hormono-gravídico você aponta pra sala e grita:

- Filho, olha quem veio visitar a gente! O Julio! (aquele da gaita, colegas).

No que o rapaz vira em direção a sala, você ZAP: afana-lhe metade da banana, sai correndo e se tranca no banheiro, onde permanece até que o último centímetro da fruta seja devorado.

[caption id="attachment_2015" align="aligncenter" width="300" caption="Uma mãe que rouba comida do proprio filho...Cadê direitos humanos?!"][/caption]

- tem tido sonhos esquisitos, daqueles que Raul Seixas tinha quando exagerava no LSD

Grávida tem sonhos surreais, todo mundo sabe disso. Então se você:

Sonhou que Mick Jagger era casado com seu pai.

Que seu gato colecionava papéis de carta.

Que sua mãe anunciava a gravidez (dela).

Ou que sua melhor amiga era uma ovelha falante e gesticuladora.

Atenção:

Aconselho que compre um teste de farmácia urgente. (Ou que pare com as drogas).

- Celulites, proliferação de

A cada semana, novos buracos celulitófagos povoam a sua judiada tez.

Buracos desbravadores, que, tal qual vegetação tropical que resolve brotar em pleno cerrado, nascem em lugares nunca d'antes habitados, como queixo, braço e joelho. A cada semana um novo buraco. A ponto de você desenvolver uma tese de que é possível saber a idade gestacional de duas formas: 1. pela medição da barriga e 2. pela contagem de novas crateras celulitófagas.

- esquece de desligar a luz, esquece de ligar para as pessoas no aniversário e esquece...objetos inusitados em lugares improváveis.

Toca seu telefone, você atende, alô.

- Alô. Aqui é do consultório do seu ginecologista. Você esqueceu uma coisinha aqui no consultório, diz a secretária.

- Ai, não acredito, esqueci meu celular? De novo? Desculpa, tô passando aí e...

- Hum..não foi o celular. Aliás, você não pode ter esquecido o celular se está falando nele. Certo?

- hehehe, verdade, ups.

- Você esqueceu a...erm...hum...sua calcinha - diz a secretária, sussurrante.

- A minha o que? Fala mais alto por favor?

- A calci...a calcinha.

- Hã?

- A CALCINHA. VC ESQUECEU A SUA CALCINHA NA GAVETA DA SALA DE EXAMES DO CONSULTORIO DA GINECOLOGISTA. ENTENDEU?

[caption id="attachment_2018" align="aligncenter" width="300" caption="Vejam, eu não sou uma calcinha adequada para visitas ao ginecologista."][/caption]

 

(Abre parênteses pra dizer que, antes desse post ter se perdido, pessoas queridas e preocupadas apareceram no Facebook dizendo "Ro, por favor me diga que esse lance de esquecimento de calçola é mentira". Ainda bem que a vizinhança aqui em Cingapura é fiel e verdadeira e, logo logo, apareceu uma querida, no post do facebook, confirmando que não só testemunhou a vergonhança toda, como me convenceu a não voltar ao consultório para buscar a calçola NUNCA MAIS nessa vida de deus meu. Disse a vizinha que o vexame ia ser ainda maior. Então eu deixei a calcinha no consultório. E mudei de ginecologista pra sempre.)

***

Não sei quanto a vocês, mas eu tenho pra mim que, quando a pessoa esquece a calcinha no gineco, rouba comida da mão do filho e sonha sonhos LSD plus, é momento de se fazer um testinho de gravidez.

Chegando na farmácia eu me dei conta que já eram onze da manhã e que, se eu quisesse fazer um teste que detectasse a gravidez em urina que não fosse a primeira do dia, eu teria que apelar para um teste de maior sensibilidade. Aquele teste podre de caro,  ele, o temido, o ingrato, o desaforado TESTE DE GRAVIDEZ DIGITAL.

Pausa para explicar que lá se iam meses e meses de tentativa de engravidar e a minha birra com os malditos testes digitais só fazia aumentar.

Porque, cumadis, uma coisa era receber um teste negativo de um palitinho que faz listra.

O palitinho de listra é tímido. O palitinho de listra é ponderado, o palitinho de listra é amigo da gente.

Quando a listrinha solitária aparece, indicando não-gravidez, o palitinho de listra se comove, ele fica triste por você.

[caption id="attachment_2007" align="aligncenter" width="300" caption="Sou um palitinho de listrinha. Estou triste por você :("][/caption]

Já o palito digital, ai que abuso!

Cada uma das vezes que utilizei o tal do teste digital, quanta raiva.

Pra quem não conhece, no palito digital, em vez de listrinhas você vê escrito:

- pregnant (grávida)

ou

- not pregnant (não grávida)

Ah, mas na minha cabeça o "not pregnant"  nunca chegou de forma suave e sentida, como com nosso colega de listrinha.

Ele chegava a mim de forma GRITADA, debochada, cruel.

 




[caption id="attachment_2009" align="aligncenter" width="300" caption="NOT PREGNANT HAHAHAHAHA, NOT PREGNANT HOHOHOHO HIHIHIHI"][/caption]

Mas como não tinha outro jeito, resolvi encarar o teste, o modernoso, o tablet dos palitinhos. Fui no banheiro do shopping, fiz xixi no palito bruxa e enfiei ele dentro da bolsa, assim, sem esperar.

Ah, porque o teste digital ainda conta com mais essa crueldade: são 3 minutos de espera, gente ótima. Três intermináveis minutos onde, na tela, se vê um sinalzinho de espera piscante - como se você já não soubesse o que está por vir.

A essa altura eu já tinha certeza mais que absoluta que o teste ia ser negativo.

Então fiz xixi, tampei o palito, tasquei o infeliz piscante na bolsa e fui pro balcão pedir um café.

- Um espresso, por favor.

Cinco minutos e um café espresso depois, resolvo sacar o teste maledicente da minha bolsa.

Cumadis do céu. Nunca, nem que eu viva mil anos, eu poderei esquecer daquele momento, e do salto que eu dei quando me deparei com um gigantesco, imponente e sensacional PREGNANT no visor do teste.

Eu chorava. Eu sorria.Eu gargalhava. E, acima de tudo, eu tremia dos pés à cabeça.

Tento ligar pro marido, cai na caixa postal. Tento de novo, olho ao redor, ninguém conhecido.

Vem o mocinho com a conta do espresso.

- São três dólares, por favor.

- Obrigada. Desculpa o choro, é que eu tô grávida, acredita?

- Oi?

- Eu tô grávida, moço, juro por alá, olha aqui o teste!

E estendo o palito mijado pro rapaz, que, num misto de nojo e indiferença sorri um sorriso forçado e diz:

- Ah, legal. São 3 dólares.

Pago a conta e começo a rondar o shopping feito barata tonta, sobe escada, desce escada, tenta ligar pro marido, ri, chora, tenta de novo, ele atende:

- Tô em reunião, amor, me liga daqui a pouco - e tum tum tum - desliga.

Penso, quer saber? Vou ligar pra uma amiga, eu não guento de vontade de dividir essa alegria com alguém!

Toca o telefone, atende o marido de novo:

- Amor, eu tô em reunião, já disse - ele sussurra.

- Vixi, eu liguei de novo pra você, foi? Hahaha, essa foi ótima. Desculpa amor eu tava tentando ligar pra fulana e...

Tum tum tum - marido desliga.

Tento novamente ligar pra amiga.

Toca. Toca. Toca. Marido atende.

- Amor, não é possível. Cara, eu tô no meio de uma reunião super importante, eu tive que sair da sala, o que tá acontecendo? Cê tá louca?

- Não, querido, eu não tô louca. Eu tô grávida.

***

Senhoras e senhores, eis a foto da pessoinha belezura que ando fabricando:

[caption id="attachment_2010" align="aligncenter" width="300" caption="Toca aqui quem também acha ela louca!"][/caption]

Eu já tinha anunciado a gravidez aqui nesse post, lembram? Uia, cada comentário fofo que recebi. Obrigada.

No post eu disse que voltaria aqui pra anunciar o sexo da lindeza.

E, como muitos de vocês já souberam, através do Livro das Faces, quem habita meu ventre é uma menina. Me-ni-na, acreditam?

E desde que soube que gero uma menina, mil e quinhentas questões profundas, tais como liberdade, machismo, violência, criação, direitos e outras regressões não param de habitar meu pensamento, que já era intrafegável.

Mas hoje acordei numa vibe tão girls just wanna have fun que, por hora eu prefiro tratar de assuntos leves e nada existenciais.

Como, por exemplo, as três primeiras peças que comprei pra pequena, entre elas: óculos escuros (imprescindíveis no recém nascimento (?)), camiseta The Rolling Stones (igual a do irmão mais velho) e uma outra, rosa choque, onde se lê "Ainda moro com meus pais" - porque, no que depender de mim, eles assim o farão pra sempre por muito, muito tempo.



E daí, gente ótima? Será que eu dou conta?

Será que me nasce uma menina porreta igual ao irmão?

Baterá a sorte duas vezes em minha porta?

E o parto? Terei mais um rebento nascido as 42 semanas?

Dar-se-á o desfralde da mesma forma tranquila que deu-se com o primogênito?

Será que ela vai curtir herdar minha coleção de papéis de carta?

Elvis está mesmo morto?

O que significa sonhar que seu pai é casado com Mick Jagger?

Respostas, em breve. Aqui. Que bom voltar.